Couve: da celulite ao mau humor, ela combate tudo!

Popular e de valor bastante acessível, a verdura ainda não se transformou em vedete da culinária, mas pode ser considerada um alimento e tanto se formos contabilizar seus benefícios à saúde.

  • Couve: da celulite ao mau humor, ela combate tudo!

Companheira da brasileiríssima feijoada e ingrediente principal no caldo verde, delícia herdada de Portugal, a couve está sempre na mesa do brasileiro. Popular e de valor bastante acessível, a verdura ainda não se transformou em vedete da culinária, mas pode ser considerada um alimento e tanto se formos contabilizar seus benefícios à saúde.
 
A couve contém cálcio, ferro, vitamina C, vitamina K e vitamina B6. Além disso, por ser da família das crucíferas, contém substâncias antioxidantes - fenólicos. Ligia dos Santos, nutricionista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, explica que eles atuam como protetor aos danos dos radicais livres, diminuindo a proliferação de células cancerígenas e outras doenças como aterosclerose e artrite reumática, trazendo, assim, um efeito protetor.
Mas não para por aí. Ligia observa outros benefícios ao organismo. "O ferro é essencial para a formação de glóbulos vermelhos, evitando a anemia. Já a vitamina C protege o organismo de infecções e facilita a absorção do ferro; a vitamina K ajuda a regular os processos de coagulação do sangue e a vitamina B6 contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico e para a modulação de receptores de hormônios no organismo", lista. A couve também ajuda a fixar o cálcio nos ossos. O mineral é importante para a formação dos ossos e manutenção da massa óssea e, nesse caso, apresenta uma boa absorção pelo organismo.
Dizem que a couve é um alimento bastante desintoxicante. E é verdade! Suas fibras exercem um papel bastante importante nessa faxina. "O organismo possui um processo natural para eliminar as toxinas do corpo por meio da transpiração, respiração, fezes e urina. O consumo de preparações que combinam frutas e vegetais conhecidos como desintoxicantes são um grande aliado neste processo de eliminação e defesas imunológicas. Assim, a couve auxilia no trânsito intestinal, carregando os resíduos alimentares e a gordura excedente", ressalta Ligia.
No entanto, atenção à forma de preparo: o processo de cozimento pode alterar a propriedade do alimento e, consequentemente, sua atuação como fibra alimentar. Portanto, a melhor forma de consumi-la é crua ou submetê-la a um cozimento rápido. "Os efeitos protetores da couve foram observados apenas quando estas foram consumidas cruas ou submetida a um cozimento leve, não havendo evidências que após passar por um longo processo de cozimento continue proporcionando os benefícios", diz a especialista.
Todos podem deliciar-se com a couve. Para os que estão de dieta, uma informação: 100 gramas do alimento cru possuem 27 calorias! Uma contraindicação somente para as pessoas submetidas a tratamentos com anticoagulantes. "Visando a prevenção da trombose, esses indivíduos devem ser monitorados quanto à ingestão do vegetal devido à presença da vitamina K", lembra a nutricionista.
Ainda não está completamente convencida de que a couve merece mesmo entrar no seu cardápio semanal? Então veja mais algumas propriedades que a verdura possui:
 
Combate a celulite
 
Para reduzir as celulites, é preciso ingerir alimentos que ajudem no processo de circulação sanguínea e linfática. "A couve possui essa ação de estímulo na circulação, auxiliando no combate à celulite", diz Ligia.
 
Melhora o humor
 
A nutricionista ressalta que a vitamina B6 encontrada da couve é importante na produção de hormônios que estimulam os neurotransmissores responsáveis pelo prazer, como a serotonina.
 
Ação laxativa
 
A couve manteiga possui cerca de 3,1gr de fibra por 100gr do produto, sendo responsável por aumentar o bolo fecal. "Isso acelera o tempo de trânsito intestinal pela absorção da água, melhorando a constipação intestinal e riscos de doenças, como hemorroidas e diverticulites (inflamação do intestino)", explica a especialista.
 
Ameniza problemas de estômago e fígado
 
A couve é fonte de inositol, um princípio ativo que diminui a irritação da mucosa e protege o fígado contra esclerose (doença crônica que causa a deterioração do fígado por eventual substituição de tecidos do fígado por tecido cicatricial fibroso), observa Ligia.
Já está convencida de que a couve só faz bem? Então arregace as mangas pois não há mais desculpa: a couve, além de tudo, é encontrada o ano todo! Em primeiro lugar, aprenda a comprar o vegetal. "As folhas não devem estar moles demais e deve-se preferir as que têm o mínimo de folhas se desprendendo do caule", ensina Ligia. Para os fãs da praticidade, um alerta. "Produtos fatiados começam a perder nutrientes, especialmente a vitamina C. Assim sendo, prefira as que foram fatiadas no mesmo dia e use em seguida", aconselha a especialista.
 
Fonte:
https://br.mulher.yahoo.com/couve-da-celulite-ao-mau-humor-ela-combate-155300102.html?page=all
Por Carolina Mouta | Yahoo Contributor Network

Comentários